A Via Oceânica
Serviços Via Oceânica | Alojamento de Páginas - Web Design - WEBMAIL - Portfólio
Entretenimento | Fórum - Anedotas
Utilidades | Agenda - Bolsa de Emprego - Classificados
pesquisa
Directório Açores Mundial Shopping
Quarta - Feira, 28 de Junho de 2017
Canal Notícias Ilha
Passaporte Via Oceânica
Utilizador:

Senha:


Novo Passaporte Ajuda

Actualidade
Agricultura
Ambiente
Arte
Automobilismo
Comunidades
Cultura
Desporto
Economia
Educação
Empreendedorismo
Entrevista
Exposições
Finanças
Fotografia
Lazer
Mercados
Música
Negócios
Noticias TV
Opinião
Pescas
Política
Religião
Sanjoaninas
Saúde
Tecnologias
Turismo
UNICEF
Solidariedade
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

UNICEF


Sri Lanka – os combates terminam mas a crise humanitária para as famílias deslocadas continua

A guerra de mais de 25 anos entre as tropas governamentais e os Tigres de Libertação do Eelan Tamil chegou ao fim, mas a crise humanitária continua.

O número de pessoas que abandonaram as suas casas para fugir aos combates, e que estão a viver em campos de deslocados ultrapassa os 250.000. No passado fim-de-semana, o governo restringiu o acesso do pessoal das Nações Unidas e de outras organizações de ajuda humanitária a alguns desses campos.

“Tornou-se extremamente difícil para as Nações Unidas continuar as suas operações no terreno” afirmou o porta-voz da UNICEF no Sri Lanka, James Elder.

Em declarações proferidas há dias, a Directora Executiva da UNICEF, Ann M. Veneman afirmava que “o acesso humanitário sem restrições deve ser garantido para que as crianças e as mulheres possam receber a assistência de que necessitam desesperadamente.”

“As pessoas estão a chegar aos campos doentes, mal nutridas e com diversos ferimentos. Até ao final da semana, espera-se que o número de deslocados nos campos aumente para mais de 250.000 pessoas. Esta afluência massiva de pessoas, que estão a sofrer devido ao conflito e a grandes privações, vai agravar a pressão sobre os sistemas de saúde, água e saneamento nos campos.”

Com o agudizar do conflito nos últimos meses, milhares de pessoas que conseguiram fugir das zonas de combates procuraram refúgio em campos apoiados por organizações de ajuda humanitária.

“Até à imposição de restrições no acesso por parte do governo no passado fim-de-semana a UNICEF e organizações parceiras estiveram a trabalhar sem interrupção no fornecimento de milhões de litros de água, construção de latrinas, apoio à saúde materno-infantil, criação de centros nutricionais, construção de espaços de aprendizagem e na reunificação de crianças separadas das suas famílias,” disse J. Elder.

“É difícil imaginar uma situação de tão grandes dificuldades como a que as pessoas que estão agora nos campos enfrentam, pelo que é fundamental que o acesso sem restrições seja restabelecido.”

O final da guerra não significa o fim da crise, insiste a UNICEF. É fundamental que o Sri Lanka aproveite este momento histórico e trabalhe para a reconciliação que abre caminho a uma paz duradoira e sustentável.

Um dos aspectos fundamentais deste processo é a necessidade urgente de o governo separar combatentes e não combatentes, para que os que estão decididos a não combater possam rapidamente ter liberdade de movimento para poderem regressar às suas terras de origem e retomar as suas vidas.



21/05/2009 - 17:35

Fonte: Redacção (http://www.viaoceanica.com)

Voltar a UNICEF | Enviar a um amigo | Imprimir

Multimédia
Rádio Lumena

Actualidade regional e local da ilha São Jorge.
Segunda-Feira
Terça-Feira
Quarta-Feira
Quinta-Feira
Sexta-Feira

Rádio Ponte

Noticiários Diários

Rádio Graciosa

Actualidade regional e local da ilha Graciosa.
Segunda-Feira
Terça-Feira
Quarta-Feira
Quinta-Feira
Sexta-Feira
Sábado
Domingo


Shopping

...

Apenas €0,00
Detalhes

Camisa Clube

Camisa Branca de manga curta ...

Apenas €7,50
Detalhes

Postais para colorir

As crianças vão gostar de colorir este conjunto de cartões a preto e branco e enviá-los aos seus ami...

Apenas €2,45
Detalhes

O Portal Azores Global é um serviço Via Oceanica, Lda.

Contactos - Ajuda - Adicionar aos Favoritos - Colocar como HomePage

Email de Contacto: webmaster@viaoceanica.com
Copyright © Via Oceânica, Lda. 1998 - 2002