A Via Oceânica
Serviços Via Oceânica | Alojamento de Páginas - Web Design - WEBMAIL - Portfólio
Entretenimento | Fórum - Anedotas
Utilidades | Agenda - Bolsa de Emprego - Classificados
pesquisa
Directório Açores Mundial Shopping
Segunda - Feira, 23 de Outubro de 2017
Canal Notícias Ilha
Passaporte Via Oceânica
Utilizador:

Senha:


Novo Passaporte Ajuda

Actualidade
Agricultura
Ambiente
Arte
Automobilismo
Comunidades
Cultura
Desporto
Economia
Educação
Empreendedorismo
Entrevista
Exposições
Finanças
Fotografia
Lazer
Mercados
Música
Negócios
Noticias TV
Opinião
Pescas
Política
Religião
Sanjoaninas
Saúde
Tecnologias
Turismo
UNICEF
Solidariedade
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

Actualidade


HÁ QUASE DOIS ANOS Ilha do Corvo sem acidentes de viação

O Corvo, a mais pequena ilha dos Açores, não tem registo de um acidente de viação há quase dois anos, tendo o último ocorrido em Abril de 2008, envolvendo uma viatura particular e um veículo da GNR.

"O último acidente participado data de Abril de 2008 e envolveu uma viatura da GNR com uma particular, de que resultaram apenas danos materiais", revelou à Lusa fonte da GNR da vizinha ilha das Flores, sublinhando que a sinistralidade no Corvo "é reduzida".

Na mais pequena ilha açoriana, onde vivem menos de 500 pessoas, existem cerca de uma centena de viaturas, entre veículos particulares e de organismos oficiais.

A ilha, com uma área de 17 quilómetros quadrados, tem uma rede de estradas com cerca de 10 quilómetros, a que se deve acrescentar as ruas do interior da vila.

A pequena vila é, segundo Manuel Rita, presidente da Câmara do Corvo, o local "onde se anda mais depressa de carro", mas, mesmo assim, o autarca garantiu que os condutores locais "não têm o pé pesado".

"Aqui (na vila) é onde se anda mais depressa de carro, mas a velocidade é reduzida, até porque as ruas não têm dimensão para grandes velocidades", afirmou, em declarações à Lusa.

Talvez por isso, também não há memória recente de um acidente de viação muito grave no Corvo, onde o ritmo da vida não se coaduna com grandes velocidades.

"O acidente mais grave ocorreu em 1997, foi o atropelamento de um jovem com cerca de 30 anos", recordou Manuel Rita, que não se lembra nos últimos dois anos de ter ouvido falar de qualquer acidente que implicasse a intervenção da GNR, que tem um posto com dois elementos no Corvo.

"A sinistralidade é muito reduzida, o que também resulta da nossa dimensão", frisou.

"Somos uma freguesia de Trás-os-Montes à beira mar", gracejou o autarca, numa referência às dimensões e ao isolamento da ilha.

A verdade é que, pela reduzida sinistralidade ou por qualquer outra razão, no Corvo não existe uma única oficina de chapeiro de automóveis.

"Temos duas pessoas que vão arranjando os problemas que aparecem nos

08/03/2010 - 10:20

Fonte: A União (http://www.auniao.com)

Voltar a Actualidade | Enviar a um amigo | Imprimir

Multimédia
Rádio Lumena

Actualidade regional e local da ilha São Jorge.
Segunda-Feira
Terça-Feira
Quarta-Feira
Quinta-Feira
Sexta-Feira

Rádio Ponte

Noticiários Diários

Rádio Graciosa

Actualidade regional e local da ilha Graciosa.
Segunda-Feira
Terça-Feira
Quarta-Feira
Quinta-Feira
Sexta-Feira
Sábado
Domingo


Shopping

Herbalifeline (cápsulas)

SAÚDE CARDIOVASCULAR Ácidos Gordos Omega 3 (DHA e EPA); contém 20 lípidos marinhos; vitamina E; ...

Apenas €41,09
Detalhes

Ford Fiesta 1.25 Ghia

Ano: 1997;Kms: 99.250;Registos: 1;Equipamento: Vidros Elétricos;Ar Condicionado;AirBag Condutor;Jant...

Apenas €7.000,00
Detalhes

Óculos Escuros da Colecção John Richmond

Lentes UV 100%...

Apenas €150,00
Detalhes

O Portal Azores Global é um serviço Via Oceanica, Lda.

Contactos - Ajuda - Adicionar aos Favoritos - Colocar como HomePage

Email de Contacto: webmaster@viaoceanica.com
Copyright © Via Oceânica, Lda. 1998 - 2002